Posts tagged ‘Pré-Sal’

Pré-sal: Petrobras fecha negócio de US$ 3,46 bi em equipamentos

A Petrobras, em conjunto com as parceiras BG, Galp Energia e Repsol, assinou dois contratos com a companhia brasileira Engevix Engenharia SA para a construção de cascos de plataformas no valor de US$ 3,46 bilhões. O negócio prevê a construção de oito cascos para unidades do tipo FPSO (navios-plataformas que produzem e armazenam petróleo e gás), que serão instaladas nas áreas de Tupi e Guará, locais que estão entre os mais avançados no desenvolvimento do pré-sal da bacia de Santos.

“A previsão é que todas as unidades entrem em operação até 2017 e serão de grande importância estratégica para que a companhia alcance as metas de produção previstas para o pólo pré-sal da bacia de Santos em seu Plano de Negócios”, informou a Petrobras em comunicado. “A expectativa é que estas plataformas acrescentarão cerca de 900 mil barris de óleo por dia à produção nacional, quando estiverem operando com a capacidade máxima”, acrescentou.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

Anúncios

11 de novembro de 2010 at 14:11 Deixe um comentário

Pré-sal elevará aportes a R$ 85 bi por ano

O Brasil deverá investir  R$ 170 bilhões por ano em infraestrutura até 2014. Deste montante, os projetos de petróleo e gás deverão ser responsáveis por cerca de 50% do total, capitaneado pelos aportes para a exploração das reservas da camada pré-sal. Essa é a estimativa do presidente da Associação Brasileira da Infraestura e Indústrias de Base (Abdib), Paulo Godoy. Segundo o executivo o restante deverá ser dividido entre projetos geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, transporte e logística, saneamento e telecomunicações.

Para ele, essa perspectiva de investimentos beneficiará toda a cadeia de fornecimento de equipamentos e serviços e servirá para, até mesmo, atrair novas empresas para o Brasil. Ele citou que as regiões que mais deverão sentir o efeito positivo dos aportes começam em Santos e São Sebastião (em SP) e sobem a costa abrangendo a área litorânea na qual se estende a megarreserva.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

20 de agosto de 2010 at 14:48 Deixe um comentário

Governo discute preço do petróleo do Pré-Sal

O governo começa amanhã o confronto dos dados da Petrobras e da Agência Nacional do Petróleo (ANP) para chegar ao preço ideal do barril do petróleo do pré-sal a ser utilizado pela União no aumento de capital da estatal. O valor justo deverá ficar entre US$ 5 e US$ 10, disse ontem ao Correio o ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann. Caso prevaleça o maior patamar, o aporte federal poderá chegar a R$ 88 bilhões, considerada a cotação da divisa americana multiplicada pelos 5 bilhões de barris a serem destinados ao negócio. A decisão será conhecida na próxima segunda-feira e a capitalização, assegurada para setembro, será aprovada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva até 31 de agosto.

As propostas apresentadas por empresas contratadas pelas duas partes serão checadas e negociadas com o Ministério da Fazenda. “Temos entre 19 e 23 (de agosto) para entender os critérios de cada uma (ANP e Petrobras) e, interagindo com essas certificadoras (consultorias contratadas), chegar a um número que seja mais justo”, explicou Zimmermann. Na visão do ministro, a margem dilatada do preço do barril considera as variações das condições de exploração do petróleo em águas ultraprofundas. Após o anúncio do preço do barril, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) estabelecerá, ainda na semana que vem, os detalhes da proposta a ser submetida a Lula.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logísitca

18 de agosto de 2010 at 14:24 Deixe um comentário

Novo marco do pré-sal pode afetar programas sociais

O novo marco regulatório para exploração de petróleo no Brasil esconde uma mudança tributária significativa, que garantirá mais dinheiro para a União e menos para os Estados e os municípios. A adoção do regime de partilha da produção, que substituirá o atual sistema de concessão, reduzirá a arrecadação de impostos que o governo federal é obrigado a repartir. A mudança pode representar um corte médio de R$ 12,3 bilhões no volume de recursos compartilhados.

“Os governos estaduais e municipais e os programas sociais em especial não serão beneficiados pelos potenciais ganhos esperados da exploração do pré-sal”, afirmam os economistas José Roberto Afonso e Kleber Pacheco Castro, responsáveis pela avaliação. Repasses do Sistema Único de Saúde (SUS) para governos locais, bem como o Bolsa Família e o seguro-desemprego, são alguns dos programas que poderão ser afetados por conta da nova sistemática tributária embutida no marco regulatório.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

2 de agosto de 2010 at 16:54 Deixe um comentário

Senado aprova divisão dos royalties do pré-sal

O governo conseguiu aprovar na madrugada de hoje no Senado a proposta de capitalização da Petrobras  e o projeto que cria o Fundo Social e o modelo de partilha para a exploração do pré-sal. A vitória do Palácio do Planalto só não foi completa porque a maioria dos senadores votou a favor da emenda apresentada pelo senador Pedro Simon (PMDB-RS), estabelecendo a divisão igualitária de royalties entre Estados e municípios, contrariando acordo firmado por governo e oposição para deixar a discussão do tema para depois das eleições de outubro.

O projeto que autoriza o governo a ceder onerosamente até 5 bilhões de barris de petróleo para a Petrobras foi aprovado às 3h15 da manhã por 44 votos a favor, seis contra e cinco abstenções. Todas as emendas apresentadas ao relatório do senador Delcídio Amaral (PT-MS) foram rejeitadas, garantindo a aprovação do mesmo texto votado pela Câmara dos Deputados em março, como desejava o Palácio do Planalto. Com isso, a matéria segue diretamente para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, abrindo espaço para que a estatal acelere o processo de aumento de seu capital antes das férias de verão do Hemisfério Norte.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

10 de junho de 2010 at 16:03 Deixe um comentário

Pós-graduação Executiva em Petróleo e Gás

Permanece fresco em minha memória o ano de criação da Pós-Graduação em Petróleo MBP, da COPPE/UFRJ, 1998. O preço do barril rondava míseros US$15,00 que inviabilizavam qualquer iniciativa exploratória mais ousada. Mesmo assim, estávamos bastante otimistas com a grande abertura que sofreria o setor, orquestrada pela recém criada Agência Nacional do Petróleo – ANP. Nestes 12 anos de existência do MBP, o barril de petróleo já chegou a ser cotado a US$145,00, caiu vertiginosamente, e hoje se encontra na casa dos US$75,00, cotação que viabiliza todos os nossos projetos de E&P, inclusive a exploração dos reservatórios da camada do Pré-Sal.

Particularmente, fico muito contente em confirmar que estes projetos, arcados por vultosos planos de investimentos da PETROBRAS, estão, afinal, servindo de exemplo para outras importantes IOC’s (Internacional Oil Companies) e até mesmo para um novo player genuinamente brasileiro, a OGX.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

5 de fevereiro de 2010 at 14:08 Deixe um comentário

São Paulo faz mapeamento para investimentos do pré-sal

O governo paulista está preparando estudos ambientais no litoral do Estado para facilitar a instalação de empresas ligadas ao setor de petróleo nos próximos anos. A área de interesse está dentro de um raio de 15 quilômetros a partir da Base Aérea de Santos, na cidade do Guarujá, onde a Petrobras estuda implementar a sua base de apoio marítimo para a exploração do pré-sal na Bacia de Santos.

Ao fazer o mapeamento das áreas que têm vocação para cada tipo de empreendimento, e deixar um estudo ambiental prévio pronto, o governo espera reduzir em cerca de 50% o tempo necessário para a preparação do EIA-Rima pelo empreendedor e da concessão da licença pelo órgão ambiental, no caso, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

O trabalho, que deve ser finalizado em fevereiro, está sendo realizado em conjunto pelas secretarias estaduais de Meio Ambiente, Planejamento, Desenvolvimento e pelas prefeituras. ” As empresas interessadas em investir estão procurando o Estado para saber das possibilidades de negócio na região e perguntam se há áreas para se instalar. Não só vamos poder indicar as áreas, como vamos fornecer um estudo ambiental sobre o local ” , diz José Roberto dos Santos, secretário-executivo da Comissão Especial de Petróleo e Gás (Cespeg).

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

26 de janeiro de 2010 at 13:02 Deixe um comentário

Posts antigos


Blog Stats

  • 330,474 hits

Agenda

setembro 2017
T Q Q S S D S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930