Posts tagged ‘Bancos’

Não se muda juro e câmbio por decreto

Em almoço fechado para 70 empresários da Câmara de Comércio França-Brasil, ontem, em São Paulo, o presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, teria afirmado, segundo relato de pessoas presentes no evento, que sua permanência por oito anos à frente da instituição foi o bastante e que seu papel estará cumprido no fim desse período. Além disso, ele teria dito que “não é possível alterar os juros e o câmbio por decreto”.

Segundo esses dirigentes de empresas, que pediram para não ser identificados, Meirelles reiterou que o próximo presidente da República não deve mudar as bases da política macroeconômica, como a busca da inflação baixa, o regime de câmbio flutuante e o rigor fiscal. Meirelles destacou que o Brasil é um País com economia estável e previsível e possui uma história de vários anos de estabilidade. Na avaliação de um empresário francês, o comentário de Meirelles sobre os juros teria sido uma crítica indireta ao governador de São Paulo, José Serra.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

9 de fevereiro de 2010 at 12:44 Deixe um comentário

A nova onda de aquisições no exterior

A aquisição da americana Sunoco pela Braskem, a compra, pela Votorantim, da fatia da Lafarge na portuguesa Cimpor, fechada ontem, e até a investida de companhias de moda em mercados externos é uma prova inequívoca de que estamos em uma nova fase no processo de internacionalização das companhias brasileiras. A busca de mercados além-fronteiras não é exatamente uma novidade no mundo corporativo brasileiro e a gaúcha Gerdau – com a maior parte do seu faturamento hoje no exterior – é sempre lembrada como exemplo de internacionalização. A novidade está na forma mais madura, disseminada e consistente que o processo adquiriu nos últimos meses.

Apenas em 2009, segundo dados recentemente divulgados pelo Banco Central, os investimentos brasileiros diretos no exterior alcançaram US$ 10,1 bilhões, enquanto os investimentos estrangeiros diretos (IED) no Brasil somaram US$ 25,9 bilhões. Para 2010, o BC projeta investimentos estrangeiros diretos (que não incluem a compra de ações nas bolsas) de US$ 45 bilhões e o último Boletim Focus, com a média das opiniões dos economistas, projeta US$ 38 bilhões. Não há previsões oficiais para os investimentos brasileiros diretos no exterior, mas a se julgar pelo tumultuado início de 2010, o ano promete.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

4 de fevereiro de 2010 at 17:09 Deixe um comentário

Bancos dos EUA ainda têm dificuldade no Brasil

O grupo de bancos que mais sofreu com a crise em 2009, os que possuem matriz no exterior, terá duas realidades distintas em 2010. Enquanto os bancos europeus devem investir em crescimento e expansão do crédito, com uma atitude mais agressiva, as instituições norte-americanas devem sofrer com reduções de carteira, devido às incertezas que rondam as matrizes.

Segundo o professor da Brazilian Business School (BBS), Ricardo Torres, os bancos norte-americanos acabaram de repagar os empréstimos feitos pelo Federal reserve (Fed, o Banco Central dos Estados Unidos) e ainda enfrentam uma série de incertezas jurídicas devido à proposta de mudanças na regulamentação. “Como as matrizes estão nessas dificuldades, enquanto perdurarem as incertezas irão reduzir a tomada de risco e ter certa relutância em investir”, argumenta. Ainda segundo Torres, essa situação deve durar pelo menos nos seis primeiros meses do ano, até que as instituições tenham uma visão clara do futuro.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

2 de fevereiro de 2010 at 13:52 Deixe um comentário

Ata do Copom deve mexer com mercado

A divulgação da Ata do documento, na quinta-feira, deve dar pistas para o rumo da política monetária

A agenda desta semana é recheada de eventos importantes, que prometem mexer com o humor do mercado financeiro. O evento mais esperado é a divulgação da Ata do Copom, na quinta-feira, de onde analistas esperam pistas sobre o rumo da política monetária nos próximos meses.

O que pode ajudar o mercado a calibrar seus cenários para política monetária este ano é se o Banco Central fez algum ajuste em suas projeções para a inflação no ano, tanto para 2010 quanto para 2011, que já estavam próximas ao centro da meta do ano, de 4,5%.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

1 de fevereiro de 2010 at 12:23 Deixe um comentário

BB terá impacto positivo de R$1,6 bi no resultado de dezembro

O Banco do Brasil anunciou nesta segunda-feira que terá um impacto positivo bilionário no resultado do quarto trimestre, diante de recálculo de pagamentos ao plano de pensão de seus funcionários, Previ.

O banco “atualizou os cálculos atuariais do Plano de Benefícios I implicando impacto positivo, líquido de impostos e participação estatutária no lucro (PLR), de 1,6 bilhão de reais”.

A instituição vai divulgar seu resultado de quarto trimestre em 25 de fevereiro.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

1 de fevereiro de 2010 at 12:21 Deixe um comentário

Governo usa PAC para sustentar superávit

Mesmo lançando mão de artifícios contábeis da ordem de R$ 26,4 bilhões para aumentar as receitas, o governo só conseguiu cumprir a meta de superávit primário  economia para pagar juros da dívida  em 2009 recorrendo à dedução de parte dos investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Isso só ocorreu uma vez, em 2006.

De acordo com dados divulgados ontem pelo Tesouro Nacional, o superávit primário do governo central (Tesouro, Previdência e Banco Central) em 2009 foi de R$ 39,2 bilhões, 45% menor que o de 2008. A queda reflete o estrago da crise na arrecadação federal e as ações do governo para estimular a economia, que implicaram aumento de gastos de 15%.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

28 de janeiro de 2010 at 13:16 Deixe um comentário

BNB aplicou R$ 20,8 bi na economia em 2009

No crédito comercial e câmbio, os valores contratados no BNB saltaram 79,4% de um exercício para outro

Puxado pelos resultados do crédito comercial e do câmbio, o Banco do Nordeste (BNB) aplicou R$ 20,841 bilhões na economia regional em 2009. A cifra representa um incremento de 50,9% em relação a 2008, no volume de contratações globais da instituição financeira, que já ocupa a 8ª posição entre os bancos públicos e privados do País. “Chegamos a esta posição depois de uma reestruturação. Hoje, contamos com carteiras segmentadas”, disse o presidente do BNB, Roberto Smith.

O resultado operacional do BNB aponta crescimento das operações em todos os segmentos de atuação. No caso do crédito comercial e câmbio – que sempre foi encarada como uma área de elevado potencial por Smith -, os valores contratados evoluíram 79,4% de um exercício para outro.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

27 de janeiro de 2010 at 12:45 Deixe um comentário

Posts antigos


Blog Stats

  • 330,208 hits

Agenda

julho 2017
T Q Q S S D S
« fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031