Barral garante que tributo é barreira maior que o câmbio

29 de dezembro de 2009 at 13:27 Deixe um comentário

A queda das exportações brasileiras em 2009 não teve como fator preponderante a valorização do real frente ao dólar, mas a alta carga tributária e a falta de logística, afirmou o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Welber Barral. Contudo, professores e analistas rebatem dizendo que os créditos tributários e a ineficiência logística do Brasil já existem há anos, enquanto a depreciação do dólar é fenômeno mais recente.

“A desvalorização cambial não é o principal motivo da queda das exportações. Temos a falta de logística, que eleva muito o valor das mercadorias vendidas no exterior, em conjunto com a carga tributária”, afirmou Barral.

“Todas as variáveis afetam as vendas ao mercado externo, mas a bola da vez é a situação cambial, que diminui a competitividade do produto brasileiro de maneira crescente; a questão tributária vem acontecendo nos últimos anos, não nos últimos 6 meses”, explicou o professor de Economia da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no Paraná, Sidnei Nascimento.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

Anúncios

Entry filed under: Notícias. Tags: , , .

Petróleo avança nos EUA por otimismo com economia e clima frio Exportações brasileiras devem crescer 12% em 2010

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Blog Stats

  • 330,785 hits

Agenda

dezembro 2009
T Q Q S S D S
« nov   jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

%d blogueiros gostam disto: