Governo já tem plano B para questão do terreno

17 de novembro de 2009 at 15:40 Deixe um comentário

O governo do Estado do Ceará já tem um plano B, caso o levantamento da Funai sobre o terreno no Pecém onde, a priori, será instalada a refinaria Premium II, da Petrobras, confirme os indícios de ocupação indígena divulgados, no mês passado, por um relatório preliminar da própria Funai. A ideia é simples: procurar outras opções de terreno no local. “A Funai está estudando isso. Se for confirmada (a propriedade indígena da tribo Anacé), não será coisa de outro mundo. Nós já estamos analisando alternativas de terrenos no Pecém”, antecipou o deputado estadual Nelson Martins (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa.

Caso o estudo de delimitação da área, que está em andamento, conclua que, na verdade, as terras são para uso exclusivo dos índios, a refinaria não poderá ser instalada no local. Segundo o deputado Nelson Martins, “o projeto da refinaria já está mantido”, independente dessa questão. “A refinaria está garantida no Ceará e os prazos serão os menores possíveis durante o processo”, resumiu Martins.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex – Comércio Exterior e Logística

Anúncios

Entry filed under: Notícias. Tags: , , .

Lula defende câmbio flutuante DHL Global Forwarding recebe Troféu Fênix de Eficiência

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Blog Stats

  • 330,098 hits

Agenda

novembro 2009
T Q Q S S D S
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

%d blogueiros gostam disto: