Maior trem do mundo começa a operar hoje na Ferrovia

22 de abril de 2008 at 14:26 Deixe um comentário

O maior trem do mundo, com 330 vagões, cerca de 3.500 metros de extensão e capacidade para transportar 40 mil toneladas, começa a circular hoje na Estrada de Ferro Carajás (EFC), operada pela Vale nos estados do Maranhão e Pará. Até então, a companhia operava com comboios formados por, no máximo, 220 vagões. O objetivo do super trem é elevar a capacidade de movimentação de minério de ferro na EFC para 130 milhões de toneladas (Mt) até 2009, e para 230 Mt a partir de 2012.

O trem de 330 vagões tem potência distribuída e é formado por duas locomotivas com 110 vagões, mais duas locomotivas com 220 vagões. Os testes com os trens maiores na Vale começaram em outubro de 2006. De lá para cá, todos os maquinistas e empregados envolvidos na operação dos comboios passaram por treinamento.

Para garantir a movimentação dos novos trens, a Vale também adquiriu 23 locomotivas, modelo Dash9, provenientes de um investimento de aproximadamente US$ 46 milhões. As máquinas — fabricadas na Filadélfia, pela General Electric (GE), dos Estados Unidos — chegaram à empresa pelo Porto do Itaqui, semana passada, sendo que o processo de desembarque prosseguiu até domingo último.

As locomotivas têm equipamentos que permitem monitorar todo o funcionamento do maquinário. O modelo funciona a diesel, mas dispõe de injeção eletrônica. Externamente, a Dash9 continua com o mesmo modelo, mas, segundo a Vale, são os exemplares mais modernos de máquina de linha ferroviária existentes no mundo.

As novas máquinas se juntam a uma frota já existente de 182 locomotivas, sendo 55 do tipo Dash9, que operam na EFC no transporte de minérios.

Locotrol

O sistema que gerenciará o maior trem do mundo, operado pela Vale, é chamado de Locotrol ou Potência Distribuída. O sistema é uma tecnologia portátil de controle, com a qual o maquinista fica em uma locomotiva operando as demais por controle via rádio. É um sistema que controla a tração – ou seja a força – e a frenagem de trens, de forma sincronizada e independente. Controla até cinco locomotivas, que ficam distribuídas ao longo da mesma composição na forma de líder e remotas.

Na prática, o sistema possibilita o uso de mais vagões em um mesmo trem. Já é utilizado pela Vale, desde 2005, na Estrada de Ferro Vitória a Minas, que trabalha atualmente com trens de até 320 vagões. Entre as vantagens do sistema, estão a economia de combustível, diminuição da distância de frenagem e carregamento, além de alívio do freio pneumático, movido a ar.

Investimentos

Os investimentos para aumentar a quantidade de minério de ferro transportado pelo Sistema Norte de Logística da Vale – que compreende a Ferrovia Norte-Sul, a Estrada de Ferro Carajás e o Sistema de Ponta da Madeira – inclui o prolongamento em 1.500 metros de cada um dos 56 pátios de cruzamento e das oficinas de locomotivas para comportar o trem de 330 vagões.

Até 2012, serão compradas 147 locomotivas, 10,6 mil vagões e cinco viradores de vagões, construídos uma nova linha de embarque e um novo píer e adquiridos quatro carregadores de navios.

Fonte: O Estado do Maranhão

Postado por: Newscomex – Comércio Exterior e Logística

About these ads

Entry filed under: Notícias. Tags: , , .

Crise aérea abate nove empresas Movimentação de veículos no Porto do Rio Grande cresce 64,7%

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Blog Stats

  • 324,079 hits

Agenda

abril 2008
T Q Q S S D S
« mar   mai »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: